O que é Diabetes Mellitus?

diabete-melitoA diabetes mellitus (dm) ou diabete melito é uma doença caracterizada pelo excesso de açúcar no sangue. Ela pode ser dividida em dois tipos: a diabetes de caráter hereditário e a diabetes que é adquirida por conta dos maus hábitos alimentares, do sedentarismo e obesidade.

Quais São os Tipos de Diabetes Mellitus?

A diabetes pode ser classificada basicamente em Mellitus tipo 1 e tipo 2:

  • A Mellitus tipo 1 é a diabetes que acomete adolescentes e crianças, fazendo com que o pâncreas não produza insulina ou produza insuficientemente.
  • Já a Diabetes Mellitus tipo 2 ocorre mais em pessoas obesas, em pessoas acima dos trinta anos ou idosos. Nesse tipo de diabetes melito, a insulina é produzida, mas não faz efeito no organismo.

Existem ainda outros tipos mais raros, tais como o diabetes mellitus gestacional e diabetes emocional.

Quais são os sintomas da Diabetes Mellitus?

A lista de sintomas da diabetes Melito é grande.

Deve-se ficar atento a sinais como:

  • sonolência;
  • infecções que acontecem com facilidade;
  • aumento da quantidade de urina (vontade de urinar toda hora);
  • náuseas;
  • apetite exagerado;
  • aumento do açúcar no sangue;
  • visão esfumaçada.

A perda de peso também é um fator que pode ser associado.

Como é diagnosticada?

É preciso deixar claro que a diabetes é uma doença cujos sintomas podem ser confundidos com vários outros males. Assim, fica mais difícil o diagnóstico.

Para diagnosticar a ocorrência da diabetes melito é necessário que se faça alguns exames específicos que meçam a quantidade de glicose presente no sangue.

Um dos exames que podem ser usados no diagnóstico da diabetes é a hemoglobina glicada, que avalia a glicose em um período de três meses.

O teste em jejum também é válido, sendo que seu resultado é mais confiável quando o exame é feito no período da manhã.

Outra opção é o teste oral de tolerância à glicose, que consiste em etapas de ingestão de açúcar, assistidas por especialistas.

Diabetes Gestacional

É a diabetes que aparece durante a gravidez, pois o corpo da mãe não é capaz de produzir uma quantidade suficiente de insulina.

A concentração elevada de açúcar no sangue da mãe passa para o desenvolvimento do bebê através da placenta, o que pode provocar problemas de saúde.

Normalmente, a diabetes gestacional começa na segunda metade da gravidez e desaparece depois do parto, o que a diferencia das formas mais comuns de diabetes, que, quando aparecem, são permanentes. Todavia, cerca de 30% das mulheres grávidas que foram vítimas da diabetes gestacional podem chegar a ter diabetes tipo 2 no futuro.

Complicações da Diabetes

Os pacientes precisam ficar atentos e fazer o tratamento para diabetes mellitus corretamente e manter a diabetes controlada. Uma vez que a doença não tratada adequadamente pode trazer uma série de complicações, dentre elas a cegueira, o pé diabético e a retinopatia diabética, entre outras complicações de saúde graves.

Recomendados Para Você: