Conheça as Terríveis Complicações da Diabetes

As complicações da diabetes são problemas decorrentes da doença, todavia tais complicações podem ser evitadas quando a diabetes está controlada.

diabetes-complicacoesQuase todas as doenças, quando não tratadas de modo adequado, podem trazer complicações. Com a diabetes, doença causada pelo excesso de açúcar no sangue, não é diferente: se não for tratada adequadamente, podem surgir complicações da diabetes.

Cetoacidose Diabética

Uma das complicações da diabetes é a cetoacidose diabética. Isso acontece pela falta de insulina prejudicar a obtenção de energia necessária para o corpo. Assim, as células começam a queimar gordura, mas a energia obtida não é suficiente e o processo libera ácido em grande quantidade no corpo.

Os sintomas da cetoacidose são presença de cetonas na urina, hálito com odor frutado ou de acetona, boca e pele seca, vontade constante de urinar, confusão mental, dor abdominal, náuseas, vômitos e dificuldade para respirar. O tratamento da cetoacidose é feito no hospital, incluindo a ministração de insulina. Deve-se tomar cuidado com essa complicação, pois ela pode conduzir ao coma e, potencialmente, à morte.

Alguns cuidados preventivos são não deixar de tomar os remédios prescritos pelo médico, respeitando as doses e horários; manter a taxa de glicemia e de cetonas no sangue nos níveis corretos, fazendo a medição com as fitas adequadas e conhecer os sintomas da complicação, para o socorro ser prontamente realizado.

Gripes, febres, resfriados e quadros como o da sinusite podem favorecer o aparecimento da cetoacidose. Pacientes diabéticos nessas situações devem medir temperatura, glicemia e níveis de cetona a cada quatro horas. Em caso de febre, deve-se tomar um copo de água a cada duas horas. Não se deve deixar aplicar a insulina e nem de se alimentar. Além disso, o acompanhamento médico é essencial.

Gripe e Diabetes:

Pessoas diabéticas têm mais dificuldade de combater a gripe do que aqueles que não são portadores da doença. Além disso, a gripe pode gerar uma carga de estresse emocional no seu corpo, o que pode afetar os seus níveis de açúcar no sangue e aumentar a chance de complicações de saúde. Por isso, é importante tomar a vacina contra a gripe anualmente.

Retinopatia Diabética

Outra complicação da diabetes é a retinopatia diabética, doença que acomete os portadores de qualquer tipo de diabetes e que afeta a visão. Por conta dos altos níveis de glicose, os vasos sanguíneos localizados na retina se tornam permeáveis, permitindo que líquidos e sangue extravasem, formando edemas.

O sintoma inicial é a vista embaçada, podendo progredir para a cegueira (perda total ou parcial da visão). Como prevenção, devem-se manter as taxas de glicemia nos níveis adequados e fazer exame de fundo de olho anualmente, a fim de verificar se tudo está bem.

Nefropatia Diabética

Os rins também podem ser afetados pela doença e uma das complicações da diabetes chama-se nefropatia diabética. As altas taxas glicêmicas fazem surgir lesões nos vasos sanguíneos, sendo essa complicação uma das maiores causas de insuficiência renal crônica e de realizações de hemodiálise.

O diagnóstico da nefropatia é feito através da medição de proteínas presentes na urina. Inicialmente, o aumento de albumina na urina pode ser um indicativo de problema renal. Por isso, devem-se fazer exames preventivos uma vez por ano.

Pé Diabético

Outra complicação é o pé diabético, que consiste em feridas que não cicatrizam, podendo infeccionar. Para prevenir, deve-se secar muito bem a pele, inclusive entre os dedos, e mantê-la hidratada. Também não se devem tirar as cutículas e é preciso secar bem ao redor das unhas. Importante destacar que, em alguns casos, pode ser necessária a amputação.

Carlos e Vera

Recomendados Para Você:

Conheça as Terríveis Complicações da Diabetes
4.86 (97.3%) 237 votes